Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

Yeyyy, chegamos à semana em que os babys deixam de ser considerados prematuros. Quantos mais dias iremos aguentar neste estado de repouso absoluto vs ansiedade pelo número exorbitante diário de contracções vs medo do parto? Tentamos manter-nos calmos por aqui, mas esta tríade explosiva vai-nos consumindo aos poucos. E as dores associadas à estar deitada todo o dia? O receio de ficar um pequeno cachalote foi largamente ultrapassado pelo medo do parto. Mas não só. Tudo vai mudar. Deixaremos de ser dois e eu sinto uma necessidade enorme de namorar, pois é coisa que não tem sido fácil, com todas as limitações que me são impostas. Vamos trazer um pequeno ser cá para casa. Medinho. Muito. De toda a novidade que se nos apresentará, das hormonas altamente descontroladas, do meu corpo que me será estranho. Curiosamente, não tenho medo de falhar enquanto mãe, nada sei para já sobre isso, mas tenho o melhor companheiro de sempre a meu lado, que trilhara comigo este caminho e potenciará os melhores cuidados possíveis à baby ML. E quando isso não for suficiente? Pedimos ajuda às avós, a quem melhor nos possa aconselhar.