Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

Esta questão - uma grande preocupação para quase todas as mulheres, depende sempre de vários factores, sendo o principal o peso que se aumentou. Uma vez que após o parto a maioria das mamãs é adepta da amamentação, não deve haver grande preocupação com a recuperação da forma, porque as necessidades energéticas do nosso corpo são tantas, que mesmo abusando um bocadinho num docinho, o corpo não dá sinal. Quando a bebé nasceu, mais de metade do peso foi-se. O que ficou - a bela barriga colchão de água. Nisto o corpo humano é extraordinário - passado cerca de um mês e meio o colchão de água tinha desaparecido e o meu esforço para isso foi - zero. Porquê? A princesa saiu uma bebé complicadinha e até aos dois meses mal saí de casa com ela - as terríveis cólicas atacaram-na à séria. Já eu estava sempre com fome, chegava a lanchar dois pães, um iogurte e fruta..

O peso anterior à gravidez foi recuperado em menos de um mês sem grande esforço e zero actividade física, já a forma, essa, ainda está em falta. Neste momento consigo ir ao ginásio uma vez por semana. Ora, treinando uma vez por semana, não há milagres. A bem da verdade, o único milagre que gostaria que acontecesse neste momento prende-se com as sestinhas da princesa - o corpo, terei tempo para ele mais tarde.

Quando se consegue treinar logo após o parto e umas duas/três vezes por semana, acredito que a forma volte num ápice. O nosso corpo é mesmo extraordinário e tem memória muscular.

Por aqui o importante é não abusar das bolachas e das massas (tem sido a loucura nestas últimas semanas, e começo a notar ali na barriguita os seus efeitos.. mas há dias em que precisamos de confort food, por aqui são quase todos os dias :s).