Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Life in Pink

Life in Pink

Quando a comida se transforma numa compensação, quando a fome emocional controla alguns momentos da tua vida, e por isso, domina o teu estado de espírito, há que procurar soluções. Porquê cair no mesmo erro todos os dias? Porquê deixar as emoções controlarem o meu eu, que deveria ser mais forte, mais capaz de ser firme perante a avalanche de emoções que irá despoletar? O resultado de um episódio de ingestão compulsiva é supinamente conhecido - além das mazelas que deixa no corpo, a parte emocional sai severamente atingida. Como contornar esta situação? Em primeiro lugar, o ideal seria evitar a ingestão - pois claro, mas se fosse fácil, ninguém padeceria deste problema. Não foi evitada, o que fazer? Estratégias de compensação só têm uma direcção - novo episódio, pois cria fragilidades no organismo que despoletam a fome, que inicialmente não é emocional, mas rapidamente ultrapassa essa barreira. Uma folha em branco - começar um novo dia como se nada se tivesse passado, com uma atitude racional perante a comida e a situação que nos perturba (tentar delinear estratégias para resolver esta situação, e se não for possível, tentar adoptar uma atitude mais saudável perante algo que não se pode alterar). 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.