Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

Como todos os pais de "1ª viagem", também nós temos uma série de expectativas de como seremos. Ao lado das expectativas coexiste a noção de que talvez as coisas não sejam como nós desejamos.

Em relação à educação da baby, vejamos as nossas expectativas:

1. não vamos tolerar birras, não irão haver cenas de berreiro no meio da rua (claro que a criança depois terá a personalidade dela, e logo se vê se não será daquelas que até esperneiam tal as fitas que fazem);

2. vai ser muito educadinha, sempre bom dia, boa tarde, beijinho a todos (lá está, se não estiver para aí virada, que podemos nós fazer?)

3. não vai ter uma imensidão de brinquedos, completamente desnecessários (esta parte acredito que cumpriremos, até agora tem um peluche.. mas os avós.. bem, a ver vamos o que o futuro nos reserva)

4. não vamos dar telemóveis nem tablets para a entreter, nem em casa nem na rua! (mais uma vez.. o futuro o dirá :p mas já imagino cenas de jantares ou almoços de família em restaurantes e a miúda mega irrequieta..)

5. nenucos, carrinhos de nenucos, sair de casa com tudo isso atrás (pois bem, neste aspecto o futuro papá está mais resignado do que eu - vê a situação como fatal, vai acontecer, de cada vez que queiramos ir à rua iremos com todo um arsenal de brinquedos; neste ponto a futura mamã é um pouco mais irredutível e ainda acredita que conseguirá sair só com um bonequinho)