Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

Já tinha ouvido histórias terríficas sobre as noites mal dormidas na gravidez, não por causa de insónias (o meu drama recorrente), mas por falta de posição, por dores de costas, de pernas, cãimbras, etc.

Até às 27 semanas, o meu problema principal eram as insónias, que me faziam arrastar para o trabalho, em modo zombie, durante dias a fio. Desde que fiquei em casa, esta situação melhorou. Mas eis senão que surge toda uma nova experiência - o terror da hora de ir para a cama. Não há almofadas entre as pernas, por baixo da barriga, whatever, que ajude. É um horror. São horas a fio acordada, às voltas. A posição em que queria estar? De barriga para baixo impossível, portanto, de barriga para cima, mas parece que faz mal à bebé, pelo que temos que adoptar uma posição em que nos deitamos de lado. As opções são - lado esquerdo ou lado direito. Horríveis ambas. Um terror. Estranhamente, por volta das 8h ou 9h consigo adormecer e ali fico até às 10h, 11h. O pobre do namoradinho é que se arrasta para o trabalho, desta feita ele em modo zombie, pois as mexidelas destas miúdas durante a noite não lhe permitem descansar o que merece. Mais uma vez, os papás a sofrer e ninguém se solidariza com eles (amor meu, mil desculpas, mas não consigo mesmo ficar quieta quando me doi meio corpo)