Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Life in Pink

Life in Pink

Agradecer é a palavra a que quero que o meu dia se resuma. Agradecer por estar viva, ter saúde, ter pessoas que me amam e que eu amo. Agradecer por gestos tão simples como um bom dia ou um boa tarde de pessoas que connosco se cruzam, gestos que me aquecem o coração.

O dia começou mal. Muito mal. Quis ficar na minha bolha protectora e não falar nem interagir com mais ninguém, logo a partir das 10h. Como atendo ao público e os meus colegas não têm culpa nenhuma do que comigo se passa, tal opção não era sequer uma hipótese. Ainda assim, grande parte do dia não fui capaz de ultrapassar o estado de espírito depressivo, ou melhor, revoltado com as injustiças que grassm pelo nosso país fora. Final de tarde, tradicional ida ao ginásio, treino seguido de um banho relaxante e uma pequena sauna. Saída para a rua revigorada. Há pausas que nos fazem bem. Há momentos só nossos que nos ajudam a equilibrar a nossa alma. Precisamos destes momentos. A vida em sociedade é maravilhosa, ter amigos e com eles podermos partilhar o nosso tempo é uma dádiva, mas o tempo que reservamos para nós próprios é fundamental e pode fazer toda a diferença.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.