Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

E assim de repente, sete meses passaram. Sete meses de amor a 4, de crescimento conjunto, sete meses de uma família mais completa. Foram meses desafiantes, primeiro a mamã doente, quando a mamã recupera, pequeno príncipe começa a dormir mal. Depois aparece o covid 19 e a vida da uma nova volta. Aprendemos a viver 24h/24h todos juntos. Aprendemos a partilhar afetos, além de tarefas! Aprendemos que o amor tudo supera e juntos somos fortes. E o baby F? Espero wow perceba que é muito amado, apesar da atenção partilhada com a mana e tarefas domésticas imprescindíveis. Aos sete meses o baby f continua a ser o maior patuscao, super sorridente e paciente. Adora a irmã, mesmo que ela não lhe ligue nenhuma. Sempre a olhar para a porta para a ver aparecer de manhã. Bebé comilão, com clara preferência para papas e fruta em vez de sopa e carne (quem não?). O desafio deste bebé são mesmo os sonos. Acorda uma a duas vezes por noite. Mas as sestas são diabólicas. Fica para outro post, que este serve pasta referir que o bebé é o máximo. Já se senta, tem coversinhas e faz imensos trejeitos com a boca. Hoje a almoçar, um clássico, começar a 'assobiar' com a comida na boca. Voou para todos os lados, mas já sabemos que alimentar uma criança é como entrar num palco de guerra. Baby F é o melhor. O nosso amor. O nosso bebé patuscão, que nos mostra que o amor não se divide, antes multiplica.