Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

Quando é que a contagem em meses deixa de fazer sentido? Já me soa um pouco estranho, quando nos perguntam a idade, obviamente já só dizemos dois anos, mas para efeito de desenvolvimento, ainda vou continuar com os meses. Só mais um pouco.

Então e o que faz a princesa do alto dos seus dois aninhos?

(A consulta com a Pedi decorrer entre os 24 e os 25 meses - saímos do percentil 15 do comprimento e passámos para um confortável percentil 50, yeyy; percentil 85 de peso continua :p há que ser coerente - 79 cm e 13,450kg)

Sono - já foi melhor, já foi pior, vamos andando sabendo que as oscilações não passam de fases e que um dia acordará somente às 8h, consistentemente. Ou então não, mas a esperança, essa, nunca morrerá. Cama entre 20h30/21h (consoante nível de cansaço), leitinho entre 5h/6h, acorda definitivamente lá para as 7h/7h30. Sesta de duas a três horas, depois de almoço.

Comida - Acho que se deixássemos, pequena princesa passava a vida a comer. Bebe leite a meio da noite, cerca de 200ml. Quando acorda, ou come cereais com mais leite, ou come um pouco de pão, também com leite, ou come iogurte e puffs. Espero conseguir introduzir a fruta ao pequeno-almoço, será a minha luta a partir de setembro. Almoço composto por sopa (só legumes, na grande maioria de folha verde, sem batata, a bem do funcionamento do intestino preguiçoso), prato principal e fruta. Ainda torce muito o nariz a legumes, mas escondidos vão passando. Já voltou a comer pêssego, melão, melancia, ameixa. Mesmo a tempo de aproveitar estas frutinhas de verão. Voltou a comer melancia da maneira mais ridícula de sempre. Após várias tentativas, decidi resignar-me por uns tempos e dar-lhe as restantes frutas. Um dia, sento-me com melancia descascada junto ao papá, e começámos os dois a comer, com a pequena a olhar para nós e a salivar. Perguntei - queres? Ela acena a cabeça e começa a comer. Tudo. Assim, do nada. O jantar é semelhante ao almoço, tentamos alternar uma refeição de peixe com uma refeição de carne. O lanche é normalmente iogurte mais fruta e puffs de trigo integral.

Fala - está o máximo, repete tudo, estrutura frases, fala um pouco chinês, mas diz que faz parte. Há uns dias disse-me, apontando para os meus brincos "mamã tia ixu", ao que repliquei, "porquê princesa?", nova investida "nonô não gota". Tem uma memória fantástica, como julgo ser característica de todas as crianças.

Brincar - em casa dos avós, tem um fogãozinho com frigideira, um bife, um peixe, uns pratinhos, uns talheres, e brinca com aquilo durante tanto tempo. Aguenta bem uns 15m! cá por casa vai-se entretendo com uns brinquedos mais do que outros, mas mantém um nível de concentração relativamente baixo. Se as peças não encaixam, persistência, paciência, não é com ela.

Higiene - está mega fã de banho, o que dá jeito, porque transpira imenso. Muita água, pouca água, tudo lhe serve. Dentes lavados uma vez por dia - tenho que melhorar esta parte - introduzir a lavagem de dentes depois do pequeno almoço. O desfralde ainda é uma miragem. Sempre que lhe tiramos a fralda e a deixamos andar sem a mesma, por mais que insistamos, nunca diz quando quer fazer xixi, nem se sente no bacio por mais de 5 segundos. O xixi, esse só percebemos a necessidade tarde demais.

Creche - férias!

Socialização - está bem melhor, ainda não é (nem nunca será, parece-me) a criança mais expansiva de sempre, a distribuir sorrisos e beijinhos com desconhecidos. tem o seu tempo de adaptação a novas caras.

Está um amor. Uma princesa. Gira que se farta.