Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Life in Pink

Life in Pink

Completamente desfasado, mais de um mês depois, aqui fica o registo! Pequena princesa foi pedir doces no Haloween. Resultado - uma abóbora recheada de docinhos e algumas peripécias pelo meio.

Pequena princesa ainda não acha grande piada a pessoas mascaradas, tivemos que estar sempe perto dela. Era a mais nova do seu grupo, logo, a que recebeu menos doces. E porquê? Porque ficava atrás da alcateia e, assim que conseguia chegar à porta para receber doces, tirava só um (enquanto os mais crescidos tiravam mãos cheias de rebuçados e chocolates). Houve um disfarce em particular que a chocou e ainda hoje fala nisso - quando diz - a N não gostou do menino, eu já sei do que ela estava a falar. Quando o grupo se reuniu, ela ficou paradíssima a olhar para um menino, que tinha a carada toda pintada de laranja, e apesar da multidão, não tirou os olhos dele e ia dizendo - não gosto daquele menino, não gosto daquele menino.

Foi muito engraçado, ela gostou da dinâmica e, alguns doces ainda sobrevivem dentro da abóbora.

 

A princesa está linda e maravilhosa. Felizmente as doenças têm-nos passado ao lado. Começou na natação, com algum receio nosso devido ao historial de otites, ams tem corrido tão bem. Adora a água, adora brincar, aquela horinha na piscina faz-lhe lindamente e deixa-me o coração cheio. Pequena princesa está muito fofa, tem grandes conversas connosco, é muito engraçada - aquelas piadas típicas dos dois anos, ou então somos nós pais babados que achamos piada a tudo. Adora colinho, quando estamos na rua, ou corre ou quer colo. Come super bem, se lhe derem pão ou doces, então é uma loucura. Mas se lhe derem um peixinho grelhado ou um esparguete à bolonhesa a loucura é semelhante. Estamos na fase das birras, de testar os limites. Não é muito obediente, pelo menos de livre vontade. Faz braços de ferro. Constantemente. Diz que faz parte. Fica sentida se lhe levantamos a voz. Brinca imenso ao faz de conta com os seus bebés, connosco.

O soninho continua uma chatice - na maioria das noites (95%) acorda uma vez por noite, entre as 4 e as 6 da manhã e pede leitinho. se acordar perto das 6h30, a noite acabou-se. Raras, mas boas, são as vezes em que só acorda perto das 7h. O sono sempre foi a faceta mais chatita da minha querida filha.

Está um amor. O meu amor. O nosso amor!

Pequena princesa. Já não escrevia aqui há muito. Falta de tempo. De vontade. Mas há marcos que devem ser registados. Óbvio que pequena princesa continua gira que dói, fofa que só ela, cada vez mais engraçada. No verão diziam-nos - devem fazer o desfralde agora, é mais simples, menos roupa, mais fácil lavar quando houver deslizes. Pequena princesa não estava minimamente para aí virada, aceitámos e esquecemos essa ideia. De repente, começou a querer andar sem fralda. A pedir para ir ao wc. Foi literalmente de um dia para o outro. Deslizes? Muito poucos, nada digno de registo (hum, houve um dia, não sei se era a fome ou qualquer outra coisa da sua rica cabecinha, estava a almoçar e começo a ouvir qualquer coisa a cair no chão - pensei, entornou canja! mas continuava a cair.. e continuou.. foi um xixizão gigante, na cadeirinha da papa :) - foi a única vez que não foram só umas pinguinhas). Ouço histórias terríveis sobre desfralde, outras muito boas. Felizmente, correu tudo lindamente connosco. Ainda usa fralda para sesta e para a noite. A da sesta talvez já não precise, mas a hesitação dos papás atrasará um pouco o processo.