Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

DH.jpg

Realizado por Joe Wright, é candidato a melhor filme e melhor actor principal (Gary Oldman), nos Óscares 2018. Baseado em factos verídicos, a hora mais negra retrata a eleição de Churchill para primeiro ministro britânico numa altura crítica - a II Guerra Mundial. Os meandros das decisões políticas são aqui esmiuçados, o poder que uma só pessoa detém e as implicações das suas decisões. As vidas em jogo. A possível redefinição de poderes a nível europeu. Um filme que põe a nu a realidade da política, as intrigas, os jogos de poder. Um filme sobre o carácter de um homem que liderou uma operação de resgate das suas tropas (Dunkirk - há também um filme sobre esta operação) quando o seu "war cabinet" só queria negociar a paz com Hitler e se recusava a acreditar na possibilidade de salvação das tropas por outro meio que não a negociação. Um bom filme. Não para se ver num sábado à noite, quando se tem uma princesa de 18 meses que acorda cedo. Confesso que tive que fechar os olhos na primeira parte, porque aquele período entre as 22h e as 23h é altamente crítico. O filme era bom, mas o sono era demasiado. Felizmente lá despertei e a segunda parte correu melhor. No entanto, não me aventurarei numa ida ao cinema, à sessão da noite, tão cedo. Não é proveitoso. Só penso na minha caminha.