Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

Estes pequenos seres amorosos que criamos com tanto amor e carinho têm realmente coisas que ultrapassam a nossa capacidade de percepção/entendimento. Pequena princesa continua resoluta na sua decisão de comida sólida não obrigada. Com as mesmas excepções - fruta e tudo o que seja semelhante a pão e bolachas (a mais recente taradice são as bolachas de milho ou arroz). Felizmente tem comido bem a sopa com o peixe e a carne. Até há uns dias. Decidiu que odiava a cadeira da papa e assim que a sentávamos nela, esbracejava, esperneava, gritava, todo um filme. Era preciso fazermos figuras dignas de circo para conseguirmos que a miúda comesse tudo sem grande berreiro (um dia, de tanto rodar a cabeça - a certa altura percebi que os cabelos a rodar a faziam rir e comer :p - até fiquei maldisposta). Entretanto passou. Foram uns 4/5 dias nesta fase tonta, que passou assim, do nada. Ora bem, o que fizemos nós para melhorar a situação? Nada, continuámos a agir do mesmo modo. A comida, o mesmo. Gostava tanto de perceber o que se passa na cabeça dos pequeninos, a sério que sim :)

Tem um vício terrível, que também não percebemos, quando está a comer - coloca a mão na boca e trinca-a (suja-se toda e tudo o que a rodeia). As costas da mão. Colher de sopa, lá vai a mão. Colher de fruta. Mais um bocadinho de mão. Não percebemos. Esperamos que seja mais uma daquelas coisas malucas que entretanto lhe passam!