Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

Sozinha. Ufs, até que enfim :) Foram tempos difíceis, andar ali de rabo para o ar sempre a amparar possíveis quedas. A bem da verdade, ainda continuam, que ela ainda anda de modo muito relutante. É tão engraçado na rua - dá uns primeiros passos minorcas devagaríssimo até ganhar confiança e passar para modo corrida. Dá-lhe toda uma nova autonomia e é uma fase muito boa. Gosta de andar de mão dada, mas só com uma pessoa. A excepção verifica-se se a segunda pessoa for bebé/criança. Aí já vai com as duas mãos dadas. Já se senta a ver livrinhos (próprios para bebé, que os nossos são demasiado fáceis de rasgar), fala estranho, e faz birras simpáticas. Para já acho alguma piada às birras (ontem, por exemplo houve um pai que ao assistir ao desafio crescente de calçar a princesa para sair da creche - esticava o corpo todo e berrava para sair do colo, ofereceu-se para o fazer e correu lindamente) quando durarem mais do que cinco minutos parece-me que mudarei de opinião. É muito engraçado acompanhar a evolução dos bebés e tentar ajudá-los a crescer do melhor modo possível, dando-lhes autonomia e espaço para explorarem, sentirem, brincarem.