Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Life in Pink

Life in Pink

Como começar bem um fim-de-semana prolongado? Com uma noite por dormir e uma manhã nas urgências, pois claro. Apanhei a pequena na creche na sexta-feira e disseram-me que ela não tinha dormido nada o dia todo, só queria conversa. Achei estranho, em casa dorme ainda umas horas de sesta e na creche nada? Hum, ok. Chegadas a casa, lá fui eu por a pequena a dormir, em menos de dois minutos ficou. Acordou, jantou, brincámos um bocadinho e lá a fomos deitar para o soninho da noite. Aí é que percebemos que algo se passava. Sabem aquelas noites em que os bebés ficam doentes e não aceitam de maneira nenhuma serem pousados nas caminhas deles? Foi isso que aconteceu. O papá deu colo uma grande parte da noite (na parte em que o benuron fez efeito, a caminha ainda serviu). Na manhã de sábado, verificamos que o ouvido estava novamente cheio de pus. Lá fomos nós até à urgência. Uma tortura dos demónios assistir à aspiração dos ouvidos. De seguida uma injecção intremuscular com antibiótico (foi o papá, que a mamã não tem estômago para a coisa). Felizmente passou o resto do fim-de-semana bem disposta.

E a minha vontade para a voltar a deixar na creche depois disto tudo!? Zero. Zerinho. Infectário, como todos dizem, e com muita razão.